.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. 11 de Fevereiro - Dois an...

. SEMANA DA VIDA

. ADAV-VISEU … UM NOVO FÔLE...

. Feliz 2008... em favor da...

. Vidas abortadas legalment...

. MADELEINE

. 2007, Maio, 6 - Dia da Mã...

. Vamos caminhar pela vida!

. Dia Internacional da Mulh...

. A REN e os resultados do ...

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Maio 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

O seu nome / e-mail:
Comentários / Perguntas:

Como encontrou este blog?
Gostou deste blog?
Sim Não
meet singles contador usuarios online Salud sites

.Consigo, já são...

Free Cell Phones
Las Vegas Condos
blogs SAPO

.links

Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

COMO PODES, MÃE?...

Como podes, mãe
sorrir
se mataste aquele sorriso
que dentro de ti germinava?

Repara que no olhar
dos inocentes meninos
que já não podem chorar
há mil gritos emudecidos
da sua alma já rouca
vida pequenina e pouca
que se fez esperança morta

As mãozitas já pararam
de buscar p’rá sua vida
a tal bola colorida
que o poeta cantou
e os avanços do mundo
jazem estagnados no fundo
da espera desses olhinhos
tão esfomeados de amor
e de vida que agora jaz
enquanto pelas tuas mãos
...é a morte que se faz!

                            

Nita Ferreira, Maio/2006

publicado por adavviseu às 00:12

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De José Costa a 19 de Maio de 2006 às 00:19
Vim mais uma vez visitar o vosso blog! Verifico que o poema que eu já tinha comentado está com outra apresentação! Bem merece!
Sinto que a iniciativa em boa hora tomada está a ser geradora de inspiração!
Um obrigado sentido à Nita Ferreira pelo modo sublime e profundo com que trabalha com as palavras, dando um contributo importante à melhoria deste espaço.
Espero ver aqui mais poemas seus relacionados com a vida, com a dignidade que ela merece, desde o ventre materno até à velhice!
De M.ª Luísa a 17 de Setembro de 2006 às 00:03
Sobre este tema tão polémico, diria, simplesmente:

VAMOS DAR AMOR!
VAMOS ENSINAR A AMAR!
QUE CADA CRIANÇA E JOVEM
SAIBA CONJUGAR, O VERBO AMAR!

Porque mais que "abortar uma criança"
A mulher está a abortar uma hipótese,
Uma possibilidade, … de amar,
De conjugar e partilhar
O verbo AMAR!

Não consegue ouvir, sentir, o grito de amor do filho, que lhe diz " Mãe estou aqui, sentes-me? Porque choras mãe, fica comigo."

Enquanto a mulher não souber Amar, lei nenhuma a vai impedir de abortar.
De adavviseu a 17 de Setembro de 2006 às 00:10
Olá amiga Luísa!
Foi bom verificar um comentário seu!
Se sente verdadeiramente quanto é importante a Vida, não se iniba de visitar mais vezes o nosso blog e nele registar mais comentários.
Se, depois de conhecer a filosofia da Associação, desejar tornar-se associada, teremos muito gosto em responder a um contacto que deseje fazer-nos para esse efeito.
Expressamos agradecimento.

Comentar post

.subscrever feeds